Writesys

MIP

 

Concebido de acordo com especificações e exigências da ARTESP (Agência de Transportes do Estado de São Paulo), o MAP/MIP é o principal recuso para a fiscalização e auditoria on-line, das concessionárias de rodovias, o único com estas características em funcionamento no Brasil.

Um sistema transparente, moderno e eficiente, que se tornou referência internacional para a auditoria de pedágio em concessionárias de rodovias.

As informações geradas pelo sistema MIP são armazenadas, transmitidas e processadas pelos diversos níveis sem qualquer intervenção humana, além de contar com criptografia de todas informações por ela geridas.  

 

Histórico:

No início dos trabalhos da Agência Reguladora, as concessionárias forneciam, quinzenalmente, relatórios ou arquivos magnéticos (sem validação pertinente e ou a tempo) para informar à Artesp, o tráfego e arrecadação das praças de pedágio.

Para a constatação das informações a Agência realizava auditorias e fiscalizações que podiam ter periodicidade mensal ou superior.

 

O Sistema:

Com o objetivo de tornar a fiscalização mais precisa, eficiente e ágil, a Writesys, em conjunto com a Artesp, desenvolveu todo o projeto, equipamentos, software e gestão, para este novo modelo de fiscalização e auditoria de concessionárias.

A solução é composta pelos níveis 1, 2 e 3, sendo estes instalados na concessionária de rodovia, e o nível 4 instalado na Agência Reguladora, o MIP se tornou um grande aliado na fiscalização diária das Concessionárias de Rodovia.

O MIP permite o acompanhamento contínuo online de:

• Informações sobre o funcionamento das praças de pedágio.

• Arrecadação

• Tráfego

• Qualidade dos serviços

• Manutenção dos equipamentos

 

 

Sobre o funcionamento:

O MIP segue rigorosamente os padrões estabelecidos pela Agência Reguladora para:

• Realização da extração e verificação de dados (considerando modelos de cadastramento)

• Cruzamento de informações de trafego e arrecadação, a partir dos diversos níveis de

 

Informações gerados no sistema de pedágio:

Nível 1 – Pistas de arrecadação

Nível 2 – Praça de Pedágio

Nível 3 – Concessionária

 


O sistema monitora:

Eficiência das praças de pedágio

• Por meio de fotos da entrada de praça de pedágio a cada 5 minutos

 

Telemetrias:

• Status dos equipamentos de detecção de tráfego

 

Alertas:

• Dados dos níveis de serviço, pistas fechadas, violações e outras ocorrências

• Envio de informações para a Agência Reguladora, por meio de link de comunicação dedicado, sem a intervenção humana

 

Componentes:

• PDT – Placa Detectora de Transação

• CT+SI – Coletor de Transação + Servidor de Imagem

• Coleta informações registradas no PDT

• Possui dispositivos de telemetria para apontar possíveis irregularidades

• Para este projeto foi dimensionado uma máquina por praça de pedágio

 

Fotos:

• Câmeras Instaladas nos sentidos de cobrança das praças de pedágio

• Captura fotos a cada 5 minutos

• Envio imediato ao servidor da Agência Reguladora

• Telemetria para identificar se a câmera ficar fora de funcionamento

 

 

Software:

• WMAP – Writesys Módulo Auditor de Pedágio

• Centraliza todas as informações originadas das concessionárias (através de link/VPN)

• Exibe online o status de arrecadação e nível de serviço de cada praça de pedágio

• Gera relatórios pré-definidos nas documentações

• Ferramenta BI (Business Intelligence)

• Permite ao usuário a geração de gráficos e relatórios dinâmicos

Software web: